Música é História

O programa passeia pela história da música brasileira em edições avulsas ou em séries, como as dedicadas aos grandes compositores e aos cem anos do samba. Uma versão de cinco minutos vai ao ar aos domingos, às 14h50, na CBN. A versão integral fica na Batuta.

Dolores e outras dores

Dolores e outras dores

A série "A mulher na música brasileira" recorda artistas que souberam cantar as dores do amor, entre elas Dolores Duran (foto) e Maysa, que morreram muito cedo. Ninguém me ama, com Nora Ney, também está no repertório.

10.06.2018

Angela Maria

Angela Maria

Menina pobre que se tornou estrela nacional, dona de voz rara na música popular, Angela Maria brilhou na fábrica de sonhos que era o rádio. Com o fim da era de ouro, procurou diversificar o repertório. Nunca se afastou de palcos e estúdios.

03.06.2018

Emilinha e Marlene

Emilinha e Marlene

Mais do que todas as outras cantoras, Emilinha Borba e Marlene representam o poder que o rádio brasileiro tinha de, com uma boa dose de marketing, fabricar ídolos e paixões. As duas foram rivais, de estilos diferentes, mas também gravaram juntas.

27.05.2018

As irmãs Batista

As irmãs Batista

Linda e Dircinha Batista brilharam entre os anos 1930 e 1950, mas sucumbiram às mudanças na música brasileira e aos seus próprios problemas psiquiátricos. O programa recorda a história das duas cantoras.

20.05.2018

Maria e outras Marias

Maria e outras Marias

Maria, mãe de Jesus, é louvada em composições populares e inspira outras dedicadas a Marias. Neste programa da série "A mulher na música brasileira", duas canções são com Maria Bethânia: Mãe Maria e Mãe de Deus das Candeias.

13.05.2018

Baianas

Baianas

Reais ou estereotipadas, legítimas ou falsas, as baianas são personagens de muitas composições. O programa reúne alguns exemplos na série "A mulher na música brasileira".

29.04.2018

Louras, morenas e mulatas

Louras, morenas e mulatas

Feitas para divertir, as canções sobre louras, morenas ou mulatas têm trechos que podem ser avaliados hoje como machistas ou racistas. O programa apresenta exemplos, dois deles na voz de Elza Soares.

15.04.2018

Aracy de Almeida

Aracy de Almeida

Sem ter voz cristalina, Aracy de Almeida se impôs no meio musical das décadas de 1930 e 1940, dominado pelos homens, por causa de seu grande talento. Era chamada de "A melhor intérprete de Noel Rosa". Terminou estigmatizada como jurada de programa de calouros.

08.04.2018