Música é História

O programa passeia pela história da música brasileira em edições avulsas ou em séries, como as dedicadas aos grandes compositores e aos cem anos do samba. Uma versão de cinco minutos vai ao ar aos domingos, às 14h50, na CBN. A versão integral fica na Batuta.

Geração de 1942/Caetano Veloso – Outras palavras

Geração de 1942/Caetano Veloso – Outras palavras

Na segunda metade da década de 1970 e na primeira da de 1980, Caetano criou algumas de suas canções mais elaboradas e atemporais, como Um índio, Terra e Sampa. Também se firmou com um autor de grandes sucessos, caso de Queixa.

13.08.2017

Geração de 1942/Caetano Veloso – Qualquer coisa

Geração de 1942/Caetano Veloso – Qualquer coisa

Durante o exílio em Londres, Caetano gravou dois discos. O segundo, Transa, tornou-se um de seus trabalhos mais cultuados. Na volta ao Brasil, conciliou projetos mais populares com outros experimentais, consolidando-se como um artista imune a rótulos e caminhos fáceis.

06.08.2017

Geração de 1942/Caetano Veloso – Caminhando contra o vento

Geração de 1942/Caetano Veloso – Caminhando contra o vento

Da bossa nova à partida para o exílio, o primeiro programa dedicado a Caetano Veloso, na série sobre a geração de 1942, recorda a intensa fase inicial da carreira do cantor e compositor. No repertório, Coração vagabundo, Alegria, alegria, Tropicália e outras.

30.07.2017

Geração de 1942/Gilberto Gil – Tempo rei

Geração de 1942/Gilberto Gil – Tempo rei

Gil pensou em largar a música em 1980, mas aquela que seria a canção de despedida, Palco, virou novo ponto de partida. Desde então, ele vem combinando pop, sertão, ciência, filosofia, tecnologia e tudo o que caiba na sua geleia pessoal, inclusive ser ministro.

23.07.2017

Geração de 1942/Gilberto Gil – Refazendo tudo

Geração de 1942/Gilberto Gil – Refazendo tudo

Gil voltou do exílio em Londres ainda mais influenciado pela cultura pop e ainda mais desejoso de se enfronhar nas matrizes culturais brasileiras. A combinação dos elementos deu em discos como Expresso 2222, Refazenda e Refavela.

16.07.2017

Geração de 1942/Gilberto Gil – Geleia geral

Geração de 1942/Gilberto Gil – Geleia geral

Com Domingo no parque e o tropicalismo, Gilberto Gil deu a partida em sua trajetória de metamorfose ambulante, misturando influências, ideias e sonoridades. Preso pelo regime militar e forçado ao exílio, despediu-se com Aquele abraço.

09.07.2017

Geração de 1942/Gilberto Gil – Eu vim da Bahia

Geração de 1942/Gilberto Gil – Eu vim da Bahia

A série sobre os artistas que estão completando 75 anos começa com as origens da música de Gilberto Gil: a força de Luiz Gonzaga sobre o menino crescido no sertão; o impacto de João Gilberto que o fez trocar de instrumento; e as novidades apresentadas por São Paulo.

02.07.2017

Músicas de junho – O forró não pode parar

Músicas de junho – O forró não pode parar

A geração que, nos anos 1970, injetou novos elementos na música do Nordeste vem defendendo a tradição das festas juninas, da qual nunca se afastou. O último episódio da série ressalta o papel de Alceu Valença, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo e outros na história dos forrós de meio de ano.

25.06.2017