A Rádio Batuta recorda com música os 400 anos da morte de William Shakespeare, que se completam em 23 de abril. As peças do gênio inglês inspiraram incontáveis composições do repertório clássico, canções populares, óperas, produções musicais de teatro e cinema, trilhas de filmes e balés.

Roberto Muggiati, jornalista com passagens por alguns dos principais veículos de comunicação do país e autor de diversos livros sobre música, selecionou mais de 60 momentos marcantes para a série O mundo musical de Shakespeare, dividida em três capítulos.

O episódio inicial, Shakespeare, um clássico, traz criações que Schubert, Mendelssohn (autor da mais do que conhecida Marcha nupcial, feita para a peça Sonho de uma noite de verão), Tchaikovsky e outros conceberam a partir da obra do bardo. Trechos de óperas de Rossini, Verdi e Gounod também estão no repertório.

O capítulo seguinte, Na Broadway e em Hollywood, mostra como Shakespeare foi bem apropriado pelo teatro e pelo cinema – quando suas ideias caíram nas mãos de grandes compositores. Um dos casos mais conhecidos é o musical Kiss me, Kate (1948), livre adaptação de A megera domada para o qual Cole Porter fez So in love, Too darn hot e From this moment on. Outro é West Side story (ou Amor, sublime amor, como o filme se chamou no Brasil), transposição de Romeu e Julieta para Nova York, com canções de Leonard Bernstein e Stephen Sondheim. O rei leão, inspirado em Hamlet, e a canção Speak low, nascida de Muito barulho por nada, são outros destaques.

Blues, jazz & rock, o episódio final, reúne exemplos marcantes da presença de Shakespeare em composições dos três gêneros. Muggiati apresenta um raríssimo registro radiofônico da apresentação em Chicago, em 1957, da suíte Such sweet thunder, por Duke Ellington e sua orquestra. Em parceria com Billy Strayhorn, Ellington compôs a obra inspirada em personagens e temas de Shakespeare. Interpretações de Lou Reed, Elvis Costello, Ute Lemper, Bryan Ferry e outros pintam retratos peculiares de Macbeth, Ofélia, Prospero, além de versões musicadas de sonetos do bardo.

 

Concepção, roteiro e apresentação: Roberto Muggiati

Edição e sonorização: Filipe Di Castro