Composição: Duke Ellington

Embora não fosse uma orquestra de swing, dedicada a incendiar as pistas, a orquestra de Ellington se tornava uma quando assim desejava. É o que acontece nesta gravação, ao estilo daquelas que estimulavam acrobacias dos dançarinos.

 

Texto e apresentação: Zuza Homem de Mello

Gravação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro