Miserere nobis (Gilberto Gil e Capinam) – Gilberto Gil e Os Mutantes

Fred Coelho e Pedro Duarte destacam que o começo do disco com uma canção de título em latim reflete a religiosidade que marca a formação dos jovens baianos. Mas o som inicial cita o violão de Jorge Ben. E o verso “Já não somos como na chegada” indica o desejo de afirmar: “viemos para ficar”. O sangue, presente em boa parte das faixas, já aparece na primeira.

Duração do capítulo: 9:07

 

Apresentação: Eucanaã Ferraz

Edição: Filipe Di Castro