Em 1936 e 1937, Aracy de Almeida, ainda com 22 e 23 anos, conquistou a condição de uma das principais intérpretes do país. Contratada da rádio Mayrink Veiga, ganhou do apresentador César Ladeira o título “O Samba em Pessoa”.

Neste período, como destacam Rodrigo Alzuguir e Pedro Paulo Malta, gravou um de seus maiores sucessos: Tenha pena de mim. E cantou músicas avançadas para a época, feministas até, casos de Opinião de mulher, Você me paga o que fez e Passe pra dentro. Logo após a morte de Noel Rosa, ela registrou duas das últimas composições do amigo, sendo uma delas o samba-canção Último desejo.

Duração do capítulo: 50:00

Repertório

ABC do amor (Cyro de Souza e Moreira da Silva) – Aracy de Almeida (Victor, set/36)

Não quero mais (Cartola, Carlos Cachaça e Zé da Zilda) – Aracy de Almeida e Regional RCA Victor (Victor, set/36)

Eu e você (Raul Marques e Ernani Silva) – Aracy de Almeida e Castro Barbosa (Victor, jan/37)

Só pode ser você (Vadico e Noel Rosa) – Aracy de Almeida e Regional RCA Victor (Victor, mar/37)

Opinião de mulher (Herivelto Martins e Benedito Lacerda) – Aracy de Almeida (Victor, set/37)

Você me paga o que fez (Nássara) – Aracy de Almeida e Boêmios da Cidade (Victor, out/37)

Passe pra dentro (Gadé e Walfrido Silva) – Aracy de Almeida e Boêmios da Cidade (Victor, out/37)

Tenha pena de mim (Babaú e Cyro de Souza) – Aracy de Almeida e Regional RCA Victor (Victor, nov/37)

Marido da orgia (Cyro de Souza) – Aracy de Almeida e Regional RCA Victor (Victor, nov/37)

Quebrei a jura (Haroldo Lobo e Milton de Oliveira) – Aracy de Almeida e Regional RCA Victor (Victor, jan/38)

Século do progresso (Noel Rosa) – Aracy de Almeida e Boêmios da Cidade (Victor, mar/38)

Último desejo (Noel Rosa) – Aracy de Almeida e Boêmios da Cidade (Victor, mar/38)

 

Concepção, pesquisa e apresentação: Rodrigo Alzuguir e Pedro Paulo Malta

Edição: Filipe Di Castro