A série de cinco episódios Moacir Santos ou Os caminhos de um músico brasileiro, produção da Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz), é baseada no livro homônimo da flautista e pesquisadora Andrea Ernest Dias sobre o maestro e compositor, nascido em 1926 em Flores (PE) e morto em 2006 em Pasadena, na Califórnia (EUA).

O tema do terceiro capítulo é a discografia norte-americana de Moacir Santos: The Maestro (1972), Saudade (1974), Carnival of the Spirits (1975) e Opus 3, nº 1 (1975), os três primeiros gravados no selo Blue Note. Ele se estabeleceu na Califórnia em 1968. Trabalhou em trilhas sonoras, como a da popular série de TV Missão quase impossível, deu aulas e se tornou um compositor e arranjador admirado por músicos norte-americanos. Dentre os que participaram de seus discos estão o guitarrista Joe Pass e o trombonista J. J. Johnson. Moacir firmou um padrão rítmico que chamava de mojo.

Repertório

Mother Iracema (Moacir Santos), do disco The Maestro

Kermis (Moacir Santos), do disco The Maestro

Off and on (Moacir Santos), do disco Saudade

Suk Cha (Moacir Santos), do disco Saudade

Quiet Carnival (Moacir Santos), do disco Carnival of the Spirits

Coisa nº 2, de Moacir Santos, do disco Carnival of the Spirits

Kamba (Moacir Santos), do disco Carnival of the Spirits

What if (Moacir Santos), do disco Opus 3, nº 1

 

Músicas usadas como trilha

Prefixo, vinheta e sufixo: Coisa nº5 – Nanã, com a Orquestra Ouro Negro

Vinheta: Ciranda (Moacir Santos e Gilberto Gil)

Músicas que acompanham a entrevista com Andrea Ernest Dias

Nanã (Moacir Santos), do disco Maestro

Melodia para trompa em fá (Moacir Santos), em versão para a Rádio Nacional

A saudade mata a gente (João de Barro e Antonio Almeida), em arranjo de Moacir Santos para o disco Saudade

Adriana, Opus 3 nº 1 (Moacir Santos), disco Opus 3 nº 1

 

Apresentação: Adriana Ribeiro e Andrea Ernest Dias

Produção: Adriana Ribeiro e Maíra de Assis

Trabalhos técnicos: Rafael Napoleão e Toni Godoy