Enquanto seu lobo não vem (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

A música mais sombria e política do disco começa ainda pedindo “Vamos passear na avenida”, como se chamando para a ação, mas termina “debaixo das bombas”, “debaixo das botas”, “debaixo da cama”. Feita no primeiro semestre de 1968, antecipa o que aconteceria no final do ano, com a intensificação da repressão, a decretação do AI-5 e a consequente prisão de Gil e Caetano. Todo esse contexto, os detalhes da letra e o arranjo de Rogério Duprat são esmiuçados por Fred Coelho e Pedro Duarte.

Duração do capítulo: 9:47

 

Apresentação: Eucanaã Ferraz

Edição: Filipe Di Castro