No final de 2018, ano do centenário de Geraldo Pereira, a paulista Anaí Rosa lançou CD dedicado à obra do mestre do chamado samba sincopado. Produzido por Gilberto Monte e Cacá Machado, Anaí Rosa atraca Geraldo Pereira (Sesc SP) tem sonoridade heterodoxa para o samba, com guitarra e efeitos eletrônicos em parte dos arranjos. Na entrevista a Lucas Nobile realizada em dezembro, a cantora explica as opções e sua admiração pelo compositor.

Repertório

Que samba bom (Geraldo Pereira e Arnaldo Passos) – Anaí Rosa e Nelson Sargento

Falsa baiana (Geraldo Pereira) – Anaí Rosa

Polícia no morro (Geraldo Pereira e Arnaldo Passos) – Anaí Rosa e Nelson Sargento

Falta de sorte (Geraldo Pereira e Marino Pinto) – Anaí Rosa, com participação de Raul de Souza (trombone)

Chegou a bonitona (José Batista e Geraldo Pereira) – Anaí Rosa

Escurinho (Geraldo Pereira) – Cyro Monteiro

Escurinho (Geraldo Pereira) – Anaí Rosa

Escurinha (Geraldo Pereira e Arnaldo Passos) – Anaí Rosa

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro