No jornalismo, David Nasser fez centenas de reportagens, nem todas com muito apreço pela verdade dos fatos. Atacou Dalva de Oliveira e Carmen Miranda, defendeu Herivelto Martins e Nelson Gonçalves. Foi assim, polêmico, que ajudou a tornar a revista O Cruzeiro, entre os anos 1940 e 1950, um fenômeno que só teve paralelo na história brasileira com a Rádio Nacional e a Rede Globo.

Na música, deixou uma obra de mais de 400 letras e sucessos indiscutíveis, como Atiraste uma pedra, Canta, Brasil, Confete e Pensando em ti. É possível que tenha se apropriado de versos alheios, como aconteceu com Nega do cabelo duro, segundo depoimento de seu colega de redação Luiz Carlos Barreto para este especial.

Em três blocos, num total de 53 minutos, Joaquim Ferreira dos Santos traça um perfil do compositor, parceiro de Herivelto Martins, Francisco Alves e outros. O centenário de nascimento de David Nasser se completa em 1º de janeiro de 2017.

Repertório

Bloco 1 (19:50 de duração)

Atiraste uma pedra (Herivelto Martins e David Nasser) – Doces Bárbaros (Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa e Gilberto Gil)

Caminho certo (Herivelto Martins e David Nasser) – Trio de Ouro

Candieiro (David Nasser e Kid Pepe) – Carmen Miranda

Canta, Brasil (Alcyr Pires Vermelho e David Nasser) – João Gilberto

Fim de ano (Francisco Alves e David Nasser) – Francisco Alves

 

Bloco 2 (17:10)

Deus lhe pague (Polera, André Penazzi e David Nasser) – Angela Maria

Carlos Gardel (Herivelto Martins e David Nasser) – Nelson Gonçalves

A camisola do dia (Herivelto Martins e David Nasser) – Maria Bethânia

Mamãe (Herivelto Martins e David Nasser) – Angela Maria

Normalista (Benedito Lacerda e David Nasser) – Miltinho

 

Bloco 3 (15:50)

Nega do cabelo duro (Rubens Soares e David Nasser) – Elis Regina

Confete (Jota Júnior e David Nasser) – Francisco Alves

Baião da Penha (Guio de Moraes e David Nasser) – Caetano Veloso

Pensando em ti (Herivelto Martins e David Nasser) – Angela Maria

 

Roteiro e apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro