Foi rápido o entrosamento musical entre o acordeonista paulista Toninho Ferragutti, que completa 60 anos em fevereiro de 2019, e o pianista paraibano Salomão Soares, de 28 anos. Mal se conheceram, partiram para fazer um CD, principal tema desta entrevista a Lucas Nobile. Eles também falam de seus trabalhos solo. Entre outros assuntos, Ferragutti, o primeiro a falar na entrevista realizada em dezembro de 2018, e Soares comentam suas influências. O acordeonista elege Dominguinhos como sua referência principal. O pianista escolheu Hermeto Pascoal.

Repertório

Alegria de matuto (Salomão Soares) – Toninho Ferragutti e Salomão Soares

Tayla (Toninho Ferragutti) – Toninho Ferragutti e Salomão Soares

Carta pra Léa (Salomão Soares) – Toninho Ferragutti e Salomão Soares

Choro suspirado (Toninho Ferragutti) – Toninho Ferragutti e conjunto

Coentro no feijão (Salomão Soares) – Salomão Soares, com participação de Hermeto Pascoal na escaleta

Beduína (Toninho Ferragutti) – Toninho Ferragutti e Salomão Soares

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro