Paulo Roberto Pires comenta a morte em menos de uma semana dos escritores Nadine Gordimer, João Ubaldo Ribeiro e Ariano Suassuna. Ao contrário de autores que morrem literariamente em vida ou daqueles que ressuscitam na posteridade após um período de esquecimento, os três tiverem as merecidas glórias em vida e poderão assegurar a imortalidade graças, principalmente, ao leitor comum, que pode ter a vida transformada com a leitura de um livro.

 

Apresentação: Paulo Roberto Pires

Edição e sonorização: Filipe Di Castro