Benedito Lacerda criou em 1930 o Gente do Morro, primeiro grupo liderado por ele, que tempos depois formaria o famoso regional que levou o seu nome. Pelo conjunto passaram grandes músicos como Canhoto, Bide e Henrique Brito, além, é claro, de Benedito na flauta. O Gente do Morro gravou 18 fonogramas, dos quais dez estão neste programa com informações e comentários de Bia Paes Leme, coordenadora de música do IMS. Vamos ouvir o grupo acompanhando a voz de Ildefonso Norat e, também, tendo Benedito como cantor.

Repertório

Dá nele (Sinhô)

No Sargueiro (Benedito Lacerdo/Ildefonso Norat)

Chora, meu bem (Benedito Lacerda)

Isto não se faz (Júlio dos Santos)

Zefina (M. Amaral)

Disca, minha nega (Benedito Lacerda/Magalhães)

Chora (Benedito Lacerda)

Orfandade (Benedito Lacerda)

Olha, Congo (Dario Ferreira)

Isaura (Benedito Lacerda)

 

Edição e sonorização: Filipe Di Castro