No segundo programa dedicado às gravações realizadas em 1930, no selo Brunswick, por Benedito Lacerda com o grupo Gente do Morro, Bia Paes Leme destaca a qualidade musical do conjunto, como os violões em Mais mais e Amor bandoleiro. E há, claro, a flauta de Benedito, que também canta nas faixas. O piano pode ser de Sinhô. Outras curiosidades são ressaltadas, como as homenagens feitas na música Primeira linha, antecipando, em ritmo de partido alto, o que Chico Buarque faria muito tempo depois em Paratodos.

Repertório

Meus pecados (Heitor dos Prazeres)

Primeira linha (Heitor dos Prazeres)

Mais mais (Henrique Brito)

Amor bandoleiro (Bide)

Preto d'alma branca (Bucy Moreira)

Como acabou o meu amor (Benedito Lacerda/G. Oliveira)

Tem aguinha (J. Machado)

A nega sumiu (Benedito Lacerda)

 

Edição e sonorização: Filipe Di Castro