A carreira de Cartola se divide em duas: de 1928 a 1946, ele fundou a Estação Primeira de Mangueira e foi um bem-sucedido autor de sucessos do rádio, como Divina dama. Com problemas de saúde e emocionais, sumiu por quase dez anos, sendo reencontrado pelo cronista Sérgio Porto lavando carros em Copacabana. Desde então, além de criar com a mulher, Zica, o famoso bar Zicartola, compôs seus sambas mais conhecidos, como As rosas não falam, O mundo é um moinho, Acontece e Alvorada no morro. O novo Música é História da série dedicada aos grandes criadores nacionais passeia pela vida de Angenor de Oliveira, o Cartola (1908-1980).

Músicas

Alvorada no morro (Cartola/Carlos Cachaça/Hermínio Bello de Carvalho) – Cartola

Sala de recepção (Cartola) – Chico Buarque

Não quero mais amar a ninguém (Cartola/Carlos Cachaça/Zé da Zilda) – Paulinho da Viola

Quem me vê sorrindo (Cartola/Carlos Cachaça) – Cartola

O sol nascerá (Cartola/Elton Medeiros) – Nara Leão

As rosas não falam (Cartola) – Beth Carvalho

As rosas não falam (Cartola) – Cartola

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Débora Freitas, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro