São Bernardo, publicado em 1934 e um dos principais romances de Graciliano Ramos (1892-1953), foi tema de duas conversas no Clube de Leitura do Instituto Moreira Salles. O professor Gilberto Araújo, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), destacou em 6 de dezembro de 2016 as contradições de Paulo Honório, narrador do livro, personagem cuja brutalidade aparente esconde camadas que se revelam ao longo do livro. No dia 13, Araújo comentou a entrada de Madalena na vida de Paulo Honório, deixando mais claro como o romance é a busca inglória por um afeto perdido.

A Batuta está apresentando trechos das edições do Clube de Leitura. O primeiro bloco deste programa tem cerca de 11 minutos; o segundo tem 13 minutos.

Edição: Lyza Brasil e Filipe Di Castro

O IMS lançou em DVD o filme São Bernardo, adaptação de Leon Hirszman para o romance de Graciliano Ramos.