Aos 70 anos, Egberto Gismonti atingiu a marca de 70 discos lançados na carreira. A coincidência dos números traduz como é intensa a produção do músico nascido em Carmo (RJ). Uma produção muito brasileira e de alcance internacional. Reinaldo Figueiredo selecionou gravações de composições de Gismonti feitas por artistas de vários países. No final, uma faixa com Gismonti tocando na Alemanha uma homenagem a um cantador do nordeste brasileiro, tendo ao lado um contrabaixista dos EUA e um saxofonista da Noruega.

Repertório

Baião malandro (Egberto Gismonti) – Eddie Daniels

Loro (Egberto Gismonti) – Esperanza Spalding

Frevo (Egberto Gismonti) – Andy Narell

Palhaço (Egberto Gismonti) – Turtle Island Quartet

Maracatu (Egberto Gismonti) – Veli Kujala

Cego Aderaldo (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti, Charlie Haden e Jan Garbarek

 

A volta ao jazz em 80 mundos é apresentado no terceiro sábado de cada mês, às 20h, na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz). Este programa, excepcionalmente, tem apresentação no segundo sábado.

Apresentação: Reinaldo Figueiredo

Edição: Filipe Di Castro