Sílvio Caldas (foto) estreou no teatro em 14 de maio de 1931, no musical “Brasil do amor”. Lançou no palco do Teatro Recreio, no Rio, Faceira, de Ary Barroso. O sucesso foi tamanho que ele bisou oito vezes. João Máximo conta essa história.

 

Apresentação: João Máximo

Edição e sonorização: Filipe Di Castro