A série termina com um panorama das músicas de escolas de samba. Nos primórdios, não havia relação com temas. A partir dos anos 1940, o gênero samba-enredo se firmou. E, a partir dos 1970, o refrão forte se tornou prioridade, mesmo sem relação direta com o enredo, como no caso do canto “Explode coração”, do Salgueiro.

Repertório

Fita meus olhos (Cartola) – Cartola

Exaltação a Tiradentes (Mano Décio da Viola, Estanislau Silva e Penteado) – Elis Regina

Cinco bailes da história do Rio (Silas de Oliveira, Dona Ivone Lara e Bacalhau) – Dona Ivone Lara

Peguei um Ita no Norte (Demá Chagas, Arizão, Bala, Guaracy e Celso Trindade) – Quinho, bateria e coro

Maria Bethânia: a menina dos olhos de Oyá (Alemão do Cavaco, Almyr, Cadu, Lacyr D Mangueira, Paulinho Bandolim e Renan Brandão) – Ciganarey, bateria e coro

Onde o Brasil aprendeu a liberdade (Martinho da Vila) – Martinho da Vila

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro