O cronista, especialmente o cronista radiofônico, precisa andar na contramão dos assuntos em evidência, da "lenga-lenga do resto da programação", como diz Joaquim Ferreira dos Santos em sua nova crônica para a Batuta. Em tempos em que o ódio está servido à mesa dos jantares das famílias brasileiras, ele recorda que já houve tempo em que os cronistas saudavam a chegada das estações, como o outono, que vem soprando seu vento gentil sem que a falta de ar que assola o país nos deixe senti-lo. 

As crônicas de Joaquim Ferreira dos Santos também podem ser ouvidas no canal de podcasts Rádio Batuta. Baixe o app na loja de sua preferência (como App Store e Google Play).

Texto e locução: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro