Neste “Ontem e sempre” vamos ouvir duas gravações do fox Num galho de acácias amarelas, em registros de Roberto Paiva, em 1945, e de Moreno Veloso, em 2014. A música é do italiano Lao Silesu com letra de Nilson Fisher, em francês, vindo daí o título original de “Un peau d’amour”. A versão em português é de J. Carlos. A gravação de Roberto Paiva, dono de voz extensa, radiofônica, astro discreto do elenco da Rádio Nacional, tem o acompanhamento do Coro dos Apiacás e orquestra. O resultado final é bonito e pomposo. Sessenta e nove anos depois, Moreno Veloso fez-se acompanhar apenas do baixo elétrico para reapresentar Num galho de acácias amarelas. O resultado também é muito bonito, mas bem diferente. Em sua versão desempostada, Moreno procura dizer com naturalidade os versos. Repare que neles, pela primeira e, possivelmente, única vez na música brasileira, está o verbo “embarafustar”.

 

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro