Autora do livro Dezembro e preparando outro para 2015, a carioca Ana Salek fala a Alice Sant’Anna de temas da sua poesia, como a ansiedade dos tempos atuais e o envelhecimento do corpo. E explica suas crônicas, que fazem sucesso nas redes sociais e poderão virar livro. Ela cita influências, como os poetas simbolistas, mas não inclui no grupo sua tia-avó Rachel de Queiroz, com quem pouco conviveu e cuja trajetória política a incomoda. Após a entrevista, Ana Salek lê alguns de seus poemas e uma das crônicas, retratando uma aula de pilates.

 

Edição e sonorização: Filipe Di Castro