Aaron Copland (1900-1990) era de esquerda desde a juventude. Sua vida foi devotada a fazer a música clássica americana chegar ao maior número de ouvintes, de uma forma que falasse diretamente às memórias e sensibilidades do homem comum. Não por acaso, sua criação mais conhecida é a Fanfarra para o homem comum. Ele foi uma espécie de populista e, também, o compositor americano por excelência, segundo Arthur Dapieve, que dedica todo este programa à bela obra de Copland.

Repertório

Aaron Copland. Fanfare for the Common Man – Orquestra Sinfônica da Rádio Eslovaca, sob regência de Stephen Gunzenhauser – 2:48

Aaron Copland. Rodeo: III. Piano interlude & Saturday night waltz – Sinfônica de Saint Louis, sob regênca de Leonard Slatkin – 7:57

Aaron Copland. Danza de Jalisco – Orquestra de Câmara de Nashville, sob regência de Paul Gambill – 3:38

Aaron Copland. Duo para flauta e piano: I. Flowing – Jeanne Baxtresser (flauta) e Israela Margalit (piano) – 6:03

Samuel Barber. Quarteto de cordas: II. Molto adagio – attaca – Emerson String Quartet – 6:53

Paul Bowles. Pastorela: I-V. Primeira suíte – Eos Ensemble, sob regência de Jonathan Scheffer – 8:24

Aaron Copland. Sinfonia nº 3. IV. Molto deliberato (Fanfare) – allegro risoluto, Orquestra Sinfônica de Londres, sob regência de Aaron Copland – 12:37

 

Prelúdios é apresentado no último sábado de cada mês, às 19h, na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz), e reapresentado na segunda-feira seguinte, às 22h.

Apresentação: Arthur Dapieve

Edição e sonorização: Filipe Di Castro