Joaquim Ferreira dos Santos aproveita os 50 anos do tropicalismo para pedir a inclusão de um título entre os discos mais interessantes do movimento: Mudei de ideia, gravado por Antonio Carlos e Jocafi em 1971. A dupla baiana não era intelectualizada, não queria revolucionar costumes, mas fez um trabalho tropicalista na diversidade sonora. Só o preconceito, diz o cronista, justifica o silêncio sobre Mudei de ideia.

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro