Há intérpretes com vozes pequenas, pouco límpidas, praticamente considerados não-cantores por muita gente, mas que imprimem suas marcas no que gravam, principalmente quando são composições próprias. Zélia Duncan exalta essa turma selecionando quatro representantes: Beto Guedes, Herbert Vianna, Marcelo Camelo e Chico Buarque, "o melhor cantor do Brasil", segundo a apresentadora. Ela apresenta duas canções de cada.

Músicas

Feira moderna (Beto Guedes/Fernando Brant) – Beto Guedes

Amor de índio (Beto Guedes/Ronaldo Bastos) – Beto Guedes

Quase um segundo (Herbert Vianna) – Herbert Vianna

Alagados (Herbert Vianna/Bi Ribeiro/João Barone) – Herbert Vianna

Vermelho (Marcelo Camelo) – Marcelo Camelo

Meu amor é teu (Marcelo Camelo) – Marcelo Camelo

Valsa brasileira (Edu Lobo/Chico Buarque) – Chico Buarque

A voz do dono e o dono da voz (Chico Buarque) – Chico Buarque

 

Apresentação: Zélia Duncan

Edição e sonorização: Filipe Di Castro