Ponto final é um dos clássicos iniciais do samba-canção e reúne vários elementos fundamentais do gênero. Gravado em 1948, foi composto por dois mestres da música brasileira, o letrista Jair Amorim (que descreve uma novela do fim de uma relação amorosa) e o pianista José Maria de Abreu (que armou a melodia em três movimentos). Segundo Zuza Homem de Mello, autor do livro Copacabana – A trajetória do samba-canção, Dick Farney inaugurava um novo jeito de cantar no Brasil: ele cantava segredando a melodia, confidenciando a canção.

O programa semanal Ouve Essa é destinado a pescar pérolas do acervo musical do IMS. A matéria-prima são as coleções dos pesquisadores José Ramos Tinhorão e Humberto Franceschi.

Seleção e texto: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro