O professor de arquitetura e urbanismo Guilherme Wisnik, em sua coluna semanal na Rádio USP, critica a proposta da Prefeitura de São Paulo para o Elevado João Goulart, o Minhocão. A população, que vem aproveitando o espaço nos últimos anos, teria o acesso restringido inclusive por portões. Wisnik afirma que privilegiar os carros é um retrocesso e que é cínico o argumento que o projeto é em nome da segurança das pessoas.