Samba que eu quero ver, de Djalma Ferreira, gravada pelo seu conjunto Os Milionários do Ritmo, costuma ser indicada pelos pesquisadores como o primeiro sambalanço. É de 1951. Djalma (1913-2004), carioca, comandava o grupo desde o final da década de 1940 e excursionou com ele pela América do Sul. A originalidade de seu som vinha de um Solovox, teclado elétrico acoplado ao piano e precursor dos sintetizadores. Logo em seguida, Djalma abriria a boate Drink, em Copacabana, e, sempre com o Milionários do Ritmo, que teria entre seus crooners o cantor Miltinho, a transformou num dos grandes pontos da noite carioca naquilo que se convencionou chamar de Anos Dourados do Rio.

O acervo musical do IMS compreende, entre outras, as coleções dos pesquisadores José Ramos Tinhorão e Humberto Franceschi. Para pesquisar em acervo.ims.com.br, é necessário utilizar o navegador Mozilla Firefox. Escreva no campo de busca os nomes dos artistas e os títulos das músicas que procura. Marque a opção “Música” para ter acesso aos fonogramas. A opção “Biblioteca” inclui partituras e livros.

Seleção e texto: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro