Programas

  • Programas

    Programas variados que fazem parte da grade atual da Batuta estão reunidos aqui.

  • Música é História

    O programa passeia pela história da música brasileira em edições avulsas ou em séries, como as dedicadas aos grandes compositores e aos cem anos do samba. Uma versão de cinco minutos vai ao ar aos domingos, às 14h50, na CBN. A versão integral fica na Batuta.

    VER TODOS

    Destaques de 2018

    Destaques de 2018

    O Música é História realiza seu último programa após cinco anos e meio. E destaca alguns dos artistas que fizeram bons lançamentos em 2018, como Adriana Calcanhotto, Elza Soares, Gilberto Gil e Monarco.

    30.12.2018
    Trio de ouro

    Trio de ouro

    Em seu último capítulo, a série "A mulher na música brasileira" destaca três cantoras que, após cinco décadas de carreira, permanecem em atividade e nas listas das maiores do país: Maria Bethânia (foto), Gal Costa e Nana Caymmi.

    23.12.2018
    Mulheres pop

    Mulheres pop

    A pioneira Rita Lee é a mamãe natureza da forte geração de cantoras e compositoras que despontou nos anos 1980 e se firmou no cenário pop. Este episódio da série "A mulher na música brasileira" tem Marisa Monte, Cássia Eller (foto) e outras.

    16.12.2018

    Playlist do Zuza

    Zuza Homem de Mello, nome consagrado quando o assunto é música brasileira, reúne no programa gravações de sua preferência, combinando registros consagrados e contemporâneos. Ele é autor de livros como A canção no tempo (em parceria com Jairo Severiano), João Gilberto, Música com Z e A era dos festivais. Playlist do Zuza é uma parceria com a Rádio USP (93.7 FM em São Paulo), que veicula o programa às 17h de sexta-feira, dia em que entra no site da Batuta. A Rádio MEC FM do Rio de Janeiro apresenta às 22h de sexta. O tema de abertura é "Incompatibilidade de gênios" (João Bosco e Aldir Blanc).

    VER TODOS

    Edu & Chico, Itamar & Zélia, Teca Calazans & Heraldo do Monte…

    Edu & Chico, Itamar & Zélia, Teca Calazans & Heraldo do Monte…

    A nova seleção de Zuza Homem de Mello fecha em grande estilo com Edu Lobo e Chico Buarque cantando Na carreira, a canção que também é a última da trilha do balé O grande circo místico. O programa tem outros duos marcantes e a Orquestra Contemporânea de Olinda.

    11.01.2019
    Itamar Assumpção, Ava Rocha, Mario Adnet…

    Itamar Assumpção, Ava Rocha, Mario Adnet…

    Itamar Assumpção (foto) está no primeiro Playlist do Zuza de 2019, juntamente com Ava Rocha, Jussara Silveira e outros cantores. Na ala instrumental estão nomes como Mario Adnet, Alessandro Penezzi, Hercules Gomes e Banda Mantiqueira.

    04.01.2019
    Jovens são maioria na seleção de 2018

    Jovens são maioria na seleção de 2018

    Em sua seleção de destaques de 2018, Zuza Homem de Mello prioriza novos nomes da MPB, como Patrícia Bastos (foto), Xênia França, Lívia Nestrovski, Joana Garfunkel e Bruno Batista. 

    28.12.2018

    Casa do Choro

    Em edições mensais, o programa (parceria da Batuta com a Casa do Choro, do Rio de Janeiro) apresenta destaques da extensa produção do choro. O gênero permanece se renovando graças a compositores e intérpretes que conhecem bem a tradição de Pixinguinha e outros grandes músicos. Apresentado pelo cantor e pesquisador Pedro Paulo Malta e com roteiro de Malta e do violonista e arranjador Paulo Aragão, cada novo episódio entra no site da Batuta às segundas segundas-feiras do mês, às 22h. No mesmo horário vai ao ar na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz). O tema do prefixo é Candango, de Pedro Paes, com a Furiosa Portátil.

    VER TODOS

    Atualizando Mário Álvares

    Atualizando Mário Álvares

    Pai do cavaquinho brasileiro, Mário Álvares tem um pouco mais de sua biografia e sua música conhecidas graças a um caderno de 1908 entregue à Casa do Choro. O programa traz gravações de Pixinguinha, Jacob do Bandolim e outros, além de uma polca inédita.

    07.12.2018
    Paulinho da Viola no choro

    Paulinho da Viola no choro

    Paulinho da Viola é mestre no samba e também no choro. "É o gênero que mais me comove dentro de nossa música popular", já escreveu. O programa reúne 12 composições dele, interpretadas pelo próprio e por outros artistas.

    08.11.2018
    Orquestras populares, parte 2: salão e cordas dedilhadas

    Orquestras populares, parte 2: salão e cordas dedilhadas

    Da Orquestra Típica Victor, que tinha Radamés Gnattali como arranjador, até a contemporânea Camerata Brasilis (foto), o programa apresenta conjuntos de câmara, de sonoridade mais delicada dos que os de sopros. No repertório, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e outros.

    08.10.2018

    A volta ao jazz em 80 mundos

    Reinaldo Figueiredo apresenta o programa, que estreou em 2013. Ele começou a gostar de jazz entrando pela porta da bossa nova. Depois de ver ao vivo Leny Andrade com o Bossa Três, saiu comprando discos de trio piano/baixo/bateria. Nos anos 1970, enquanto era cartunista no jornal O Pasquim, também tocava pandeiro num obscuro conjunto de choro que nem nome tinha, mas era apelidado de Época de Merda. Em 1984, com Hubert e Claudio Paiva, criou o tablóide de humor O Planeta Diário. Nos anos 1980 e 1990, integrante do Casseta & Planeta, participou como baixista dos shows musicais do grupo. Desde 1998 toca contrabaixo na CEJ (Companhia Estadual de Jazz), grupo dedicado ao samba-jazz. O título do programa faz ao alusão ao livro A volta ao dia em 80 mundos, do escritor argentino e jazzófilo Julio Cortázar. O prefixo do programa é Hot bean strut, do pianista panamenho Danilo Perez.

    VER TODOS

    Jazz para lavar a alma

    Jazz para lavar a alma

    Reinaldo Figueiredo montou um repertório para tentar levantar o astral do ouvinte em 2019. Segundo ele, é "praticamente um banho de descarrego jazzístico". Chucho Valdés (foto), Brad Mehldau, Michel Camilo e Hamilton de Holanda estão entre os intérpretes.

    17.01.2019
    Uma parada no Brasil, aquele, o Victor Assis

    Uma parada no Brasil, aquele, o Victor Assis

    Saxofonista de grande talento, que morreu com apenas 35 anos, o carioca Victor Assis Brasil é o personagem do programa de Reinaldo Figueiredo. Quase todas as composições são dele, incluindo uma gravada nos EUA em que sua participação não foi creditada.

    13.12.2018
    Botando a boca no trombone

    Botando a boca no trombone

    Reinaldo Figueiredo montou um panorama atual do trombone no jazz e selecionou, entre outros instrumentistas, os brasileiros Raul de Souza (foto), Vittor Santos, Josiel Konrad e Serginho Trombone, além do grupo T-Bones Brasil Ensemble.

    16.11.2018

    Prelúdios

    Arthur Dapieve apresenta o programa, que estreou em 2013. Ele é jornalista desde 1986, trabalhando na área de cultura no "Jornal do Brasil" e em "O Globo", do qual é colunista, além do site "NoPonto". Tem dez livros entre ficção e não ficção, alguns sobre música, como BRock - o rock brasileiro dos anos 80 (1995) e Renato Russo - O trovador solitário (2000). Escuta música clássica desde que era um adolescente fã de rock progressivo e hoje dedica a Bach, Tchaikovsky e Mahler a maioria do seu tempo.

    VER TODOS

    Então é Natal

    Então é Natal

    Do vasto repertório de música natalina, Arthur Dapieve selecionou peças do período barroco, entre elas um oratório e uma cantata compostos por Bach. Os intérpretes são conjuntos como Il Giardino Armonico e Monteverdi Choir (foto).

    19.12.2018
    Os herdeiros de Shostakovich

    Os herdeiros de Shostakovich

    Arthur Dapieve selecionou peças dos dois principais herdeiros de Dmitri Shostakovich (foto), o maior compositor da antiga União Soviética: Mieczyslaw Weinberg e Alfred Schnittke. Os formatos variados incluem prelúdio, concerto e movimentos de sinfonias.

    23.11.2018
    O fetiche dos fetiches

    O fetiche dos fetiches

    Ouvir um pianista tocando uma peça de Beethoven num piano que Beethoven utilizava é um fetiche. Mas também é parte de uma corrente chamada "prática historicamente informada". Arthur Dapieve ainda selecionou gravações como as do húngaro Jenó Jandó num piano que foi de Liszt (foto).

    25.10.2018

    Estúdio Batuta

    A Batuta recebe artistas em seu estúdio para entrevistas e números musicais. Mostramos aqui os resultados desses encontros.

    VER TODOS

    João Cavalcanti e Marcelo Caldi

    João Cavalcanti e Marcelo Caldi

    Quando se conheceram, Marcelo Caldi não tocava sanfona e João Cavalcanti não tocava nenhum instrumento. E ambos não compunham. Vinte anos depois, com os talentos reconhecidos, uniram-se no CD Garimpo, um dos temas da entrevista no Estúdio Batuta. Eles tocam a faixa-título ao vivo.

    30.11.2018
    Sidney Miller nas vozes de Joyce Moreno e Alfredo Del-Penho

    Sidney Miller nas vozes de Joyce Moreno e Alfredo Del-Penho

    O show que Joyce Moreno e Alfredo Del-Penho fizeram no IMS-RJ em 2012 virou CD. No repertório de Argumento, apenas canções de Sidney Miller (1945-1980). Nesta entrevista, no estúdio da Batuta, os dois artistas explicam o estilo do compositor e o incluem entre os principais do país.

    05.11.2018
    Monarco

    Monarco

    Lançando o CD Monarco de todos os tempos aos 85 anos, o cantor e compositor recorda sua vida de trabalho duro, seu amor pela Portela e como criou seus sambas mais conhecidos. Todas as músicas do programa foram interpretadas no estúdio da Batuta por ele, ao lado do filho Mauro Diniz.

    12.10.2018

    Literatura em voz alta

    O programa apresenta gravações de poemas, contos e trechos de romances, feitas muitas vezes pelos próprios autores, em registros pouco conhecidos. Também há trechos de palestras, como as realizadas no Clube de Leitura do IMS.

    VER TODOS

    Literatura e conflitos – A poesia brasileira e a Segunda Guerra Mundial

    Literatura e conflitos – A poesia brasileira e a Segunda Guerra Mundial

    Carlos Drummond de Andrade (foto), Cecília Meireles e Murilo Mendes estão entre os autores brasileiros que escreveram textos contundentes sobre a Segunda Guerra. Seus poemas foram analisados pelo professor da USP Murilo Marcondes de Moura no ciclo "Literatura e conflitos".

    01.02.2018
    Literatura e conflitos – A guerra não tem rosto de mulher

    Literatura e conflitos – A guerra não tem rosto de mulher

    Ao analisar a obra de Svetlana Aleksiévitch no curso Literatura e conflitos, Paulo Roberto Pires ressaltou que a vencedora do Nobel de Literatura de 2015 descarta a história triunfal e observa a devastação provocada nas pessoas por guerras e tragédias, sempre do ponto de vista das...

    25.01.2018
    Literatura e conflitos – O tempo e o vento

    Literatura e conflitos – O tempo e o vento

    Em sua aula sobre O tempo e o vento, no curso Literatura e conflitos, Regina Zilberman destacou a opção de Erico Verissimo por subverter versões oficiais da história do Rio Grande do Sul. A Guerra dos Farrapos é observada a partir dos sofrimentos causados às mulheres.

    18.01.2018

    Rádio Pensamento

    A Rádio Pensamento é um espaço da Rádio Batuta voltado para entrevistas e comentários que podem passear por filosofia, sociologia e artes, buscando visões originais sobre temas diversos.

    VER TODOS

    Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

    Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

    No livro Tudo em volta está deserto, Eduardo Jardim reflete sobre a arte na ditadura a partir do show Gal a todo vapor, do romance Quarup e da poesia de Ana Cristina Cesar. Para ele, arte e pensamento são mais efetivos do que engajamento político.

    01.12.2017
    Lillian Ross

    Lillian Ross

    O tema do podcast da serrote é Lillian Ross, a estrela do jornalismo norte-americano que morreu aos 99 anos em setembro. Seu perfil de Ernest Hemingway, publicado em 1950, permanece como exemplo de grande reportagem, capaz de mostrar o lado patético do escritor.

    16.11.2017
    Perto de Foucault

    Perto de Foucault

    Roberto Machado comenta, no podcast da serrote, seu livro Impressões de Michel Foucault. Ele recorda a convivência entre "um jovem professor subdesenvolvido e uma estrela internacional da filosofia", conta histórias divertidas e ressalta a originalidade do pensador francês.

    02.11.2017
    Reação ao artista nu

    Reação ao artista nu

    Os protestos contra a performance de um artista nu, tocado por uma criança, fazem parte de um quadro de "cala a boca geral" desejado pelos setores conservadores, diz Guilherme Wisnik em sua coluna "Espaço em obra" (Rádio USP).

    05.10.2017
    O IMS Paulista

    O IMS Paulista

    Professor de arquitetura e urbanismo da USP, Guilherme Wisnik analisa em sua coluna "Espaço em obra" (Rádio USP) o edifício do IMS Paulista, inaugurado em 19 de setembro.

    21.09.2017
    As caravanas de Chico Buarque

    As caravanas de Chico Buarque

    Guilherme Wisnik analisa, em sua coluna "Espaço em obra" (Rádio USP), a melodia e a letra de As caravanas, canção de Chico Buarque que ele classifica de "poderosa". A música ressalta o lugar diferente que Chico, ex-unanimidade nacional, ocupa hoje no Brasil.

    08.09.2017
    Francisco Bosco e o silêncio

    Francisco Bosco e o silêncio

    Francisco Bosco lê para a Rádio Pensamento um trecho da conferência de encerramento do ciclo "O silêncio e a prosa do mundo". Ele lembra como um acidente grave o levou aos livros e a trocar o mundano pelo mundo.

    09.10.2013
    O silêncio por Pedro Duarte

    O silêncio por Pedro Duarte

    O professor de filosofia Pedro Duarte, que participa do ciclo "O silêncio e a prosa do mundo", diz que a recusa à "confusão babélica" de hoje é quase impossível, mas que hierarquizar falas é necessária. E destaca o "esforço de linguagem" dos cartazes das manifestações.

    17.08.2013
    O silêncio por Francis Wolff

    O silêncio por Francis Wolff

    O ciclo de conferências "O silêncio e a prosa do mundo" está começando no Rio e em SP com o filósofo Francis Wolff, que fala em entrevista para o programa Rádio Pensamento sobre as várias formas de silêncio.

    14.08.2013
    Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

    Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

    No livro Tudo em volta está deserto, Eduardo Jardim reflete sobre a arte na ditadura a partir do show Gal a todo vapor, do romance Quarup e da poesia de Ana Cristina Cesar. Para ele, arte e pensamento são mais efetivos do que engajamento político.

    01.12.2017
    Lillian Ross

    Lillian Ross

    O tema do podcast da serrote é Lillian Ross, a estrela do jornalismo norte-americano que morreu aos 99 anos em setembro. Seu perfil de Ernest Hemingway, publicado em 1950, permanece como exemplo de grande reportagem, capaz de mostrar o lado patético do escritor.

    16.11.2017
    Perto de Foucault

    Perto de Foucault

    Roberto Machado comenta, no podcast da serrote, seu livro Impressões de Michel Foucault. Ele recorda a convivência entre "um jovem professor subdesenvolvido e uma estrela internacional da filosofia", conta histórias divertidas e ressalta a originalidade do pensador francês.

    02.11.2017