Há 50 anos, em outubro de 1966, Chico Buarque lançava seu primeiro LP, que viria a ter algumas de suas 12 músicas entre as mais regravadas da MPB. Ele já era conhecido por alguns poucos trabalhos. Estava em cena desde 1964, quando se apresentou no espetáculo Mens sana in corpore samba, realizado no Teatro Paramount, em São Paulo, com produção de Walter Silva. Tinha 20 anos. Naquele mesmo ano, compôs Tem mais samba para a peça Balanço de Orfeu e teve pela primeira vez uma música gravada, Marcha para um dia de sol, por Maricenne Costa.

Em 1965, participou do 1º Festival Nacional de Música Popular Brasileira, na TV Excelsior, com Sonho de um carnaval, cantada por Geraldo Vandré. Morava em São Paulo e passou a se apresentar em O fino da bossa, o programa da TV Record comandado por Elis Regina e Jair Rodrigues. Nesse ano, musicou Morte e vida severina, de João Cabral de Melo Neto, para o Tuca (Teatro da Universidade Católica). Em maio, Chico estreou nos discos com o compacto simples que tinha de um lado Olê olá e do outro, Madalena foi pro mar.

Em outubro, sempre pela RGE, lançou o primeiro LP. Saiu logo em seguida à vitória de sua marchinha A banda no 2º Festival da Música Popular Brasileira, agora na TV Record, prêmio que dividiu com Disparada, de Geraldo Vandré e Theo de Barros. A música é a primeira faixa desse disco que comemora 50 anos e tem ainda clássicos como A Rita. O título do disco é o nome completo do compositor, que ainda se apresentava com o “de Hollanda”. Na capa, de fundo azul, dois rostos do artista: um sorridente e o outro sério.

O resto é história. Várias das músicas do LP entraram para o cânone da MPB, recebendo regravações de outros artistas. Neste programa, a Rádio Batuta apresenta o disco original de Chico e uma seleção de algumas dessas regravações.

Repertório

A banda (Chico Buarque) – Chico Buarque

A banda (Chico Buarque) – Wilson Simonal

Tem mais samba (Chico Buarque) – Chico Buarque

Tem mais samba (Chico Buarque) – Elis Regina

A Rita (Chico Buarque) – Chico Buarque

A Rita (Chico Buarque) – Gal Costa

Ela e sua janela (Chico Buarque) – Chico Buarque

Madalena foi pro mar (Chico Buarque) – Chico Buarque

Madalena foi pro mar (Chico Buarque) – Nara Leão

Pedro pedreiro (Chico Buarque) – Chico Buarque

Pedro pedreiro (Chico Buarque) – Chico César

Amanhã, ninguém sabe (Chico Buarque) – Chico Buarque

Amanhã, ninguém sabe (Chico Buarque) – Claudia

Você não ouviu (Chico Buarque) – Chico Buarque

Juca (Chico Buarque) – Chico Buarque

Olê Olá (Chico Buarque) – Chico Buarque

Olê Olá (Chico Buarque) – Eugénia Melo e Castro e Chico Buarque

Meu refrão (Chico Buarque) – Chico Buarque

Meu refrão (Chico Buarque) – Odette Lara, MPB-4 e Chico Buarque

Sonho de um carnaval (Chico Buarque) – Chico Buarque

Sonho de um carnaval (Chico Buarque) – Paulinho da Viola

 

Seleção: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro