O zoólogo Paulo Vanzolini se consagrou como compositor fazendo crônicas musicais da noite paulistana, sobretudo em Ronda. Mas sua obra vai além disso, cobrindo um painel amplo de situações, no qual humor e tristeza muitas vezes caminham juntos. Internado em 25 de abril, dia do seu 89º aniversário, morreu em 28 de abril de 2013, deixando um legado de grandes canções, como as que a Rádio Batuta selecionou. Entre os intérpretes, Chico Buarque, Maria Bethânia, Paulinho da Viola e o próprio Vanzolini.

Repertório 

Quando eu for, eu vou sem pena (Paulo Vanzolini) – Chico Buarque

Boca da noite (Toquinho e Paulo Vanzolini) – Márcia
Ronda (Paulo Vanzolini) – Maria Bethânia
Valsa das três da manhã (Paulinho Nogueira e Paulo Vanzolini) – Paulinho Nogueira
Praça Clóvis (Paulo Vanzolini) – Ana Bernardo
Napoleão (Paulo Vanzolini) – Carlinhos Vergueiro
Samba erudito (Paulo Vanzolini) – Miúcha
Mente (Eduardo Gudin e Paulo Vanzolini) – Clara Nunes
Bandeira de guerra (Paulo Vanzolini) – Paulinho da Viola
Capoeira de Arnaldo (Paulo Vanzolini) – Bando de Macambira
Samba do suicídio (Paulo Vanzolini) – Paulo Vanzolini
Volta por cima (Paulo Vanzolini) – Noite Ilustrada
Pesquisa e programação musical: Luiz Fernando Vianna e Carla Paes Leme
Edição e sonorização: Filipe Di Castro