acervo

Waldir Calmon

Mambo nº 5

O pianista Waldir Calmon foi um nome de destaque nas noites cariocas dos anos 1950. Gravou discos dançantes com faixas como Mambo nº 5, composição do cubano Pérez Prado.

24.05.2017

Isaurinha Garcia

Feiura não é nada

Isaurinha Garcia, “A personalíssima”, gravou em 1959 com o organista Walter Wanderley, então seu marido, Feiura não é nada, samba balançado e divertido composto por Billy Blanco.

17.05.2017

Dolores Duran

Castigo

Marisa Gata Mansa substituiu a amiga Dolores Duran na boate Bacará, em Copacabana, e a homenageou com um disco em 1959, logo após a morte da compositora. A versão de Castigo tem acompanhamento do conjunto de Moacir Silva.

09.05.2017

Dó-Ré-Mi

Dóris Monteiro já era uma artista de prestígio quando lançou o desconhecido Fernando Cesar, herdeiro de uma fábrica de sabão. Dó-Ré-Mi foi sucesso em 1955 e o compositor se tornou um dos favoritos da cantora.

25.04.2017

Por causa de você

Sylvia Telles gravou em 1957 o samba-canção Por causa de você, parceria entre a craque do gênero Dolores Duran e aquele que logo se tornaria um pilar da bossa nova, Tom Jobim. A cantora estava consagrada como expoente da bossa quando morreu, aos 33 anos.

18.04.2017

Ca-cha-cha

Depois de fazer sucesso tocando mambo em bailes de São Paulo, em meados do século XX, Silvio Mazzucca criou uma versão brasileira do cha-cha-cha. Com sua orquestra, o pianista e maestro gravou Ca-cha-cha.

11.04.2017

Baiana no Harlem

Craque do boogie-woogie, a mistura de samba e jazz que fez sucesso a partir da década de 1940, o compositor Denis Brean imaginou, em parceria com Oswaldo Guilherme, a música brasileira fazendo sucesso nos EUA. O resultado foi Baiana no Harlem, gravada por Linda Batista em 1950.

04.04.2017

Djalma Ferreira

Samba que eu quero ver

Apontado frequentemente como o primeiro sambalanço, a música Samba que eu quero ver foi lançada em 1951 por seu autor, Djalma Ferreira, que pilotava um Solovox, instrumento precursor dos sintetizadores. Ele e seu conjunto Milionários do Ritmo foram sensação no Rio dos anos 1950.

29.03.2017