Caetano Veloso

João Bosco e Clementina de Jesus

Clementina, Nat King Cole, Moacir Santos, Arnaldo Antunes, Magal…

Incompatibilidade de gênios, de João Bosco e Aldir Blanc, com Clementina de Jesus é um dos destaques da playlist de Zuza Homem de Mello. A seleção tem Nat King Cole cantando em português, brasileiros consagrados e também jovens: Diogo Monzo, Ive Mendes, Flávio Tris e Cibele Codonho.

18.08.2017

Antonio Cicero

O imortal Antonio Cicero

Eleito para a Academia Brasileira de Letras, o poeta e ensaísta Antonio Cicero é letrista de ótimas canções, algumas feitas em parceria com a irmã, Marina Lima. Esta playlist também tem interpretações de Adriana Calcanhotto, Caetano Veloso e outros.

13.08.2017

Geração de 1942/Caetano Veloso - Outras palavras

Geração de 1942/Caetano Veloso – Outras palavras

Na segunda metade da década de 1970 e na primeira da de 1980, Caetano criou algumas de suas canções mais elaboradas e atemporais, como Um índio, Terra e Sampa. Também se firmou com um autor de grandes sucessos, caso de Queixa.

13.08.2017

Caetano Veloso

Geração de 1942/Caetano Veloso – Qualquer coisa

Durante o exílio em Londres, Caetano gravou dois discos. O segundo, Transa, tornou-se um de seus trabalhos mais cultuados. Na volta ao Brasil, conciliou projetos mais populares com outros experimentais, consolidando-se como um artista imune a rótulos e caminhos fáceis.

06.08.2017

Geração de 1942/Caetano Veloso - Caminhando contra o vento

Geração de 1942/Caetano Veloso – Caminhando contra o vento

Da bossa nova à partida para o exílio, o primeiro programa dedicado a Caetano Veloso, na série sobre a geração de 1942, recorda a intensa fase inicial da carreira do cantor e compositor. No repertório, Coração vagabundo, Alegria, alegria, Tropicália e outras.

30.07.2017

Novos Baianos

Novos Baianos, Nina Simone & Bethânia, Oscar Peterson, Grande Otelo, Lucy Alves…

Zuza Homem de Mello abre a playlist com um samba repleto de significados: Brasil pandeiro, com os Novos Baianos (foto). O programa ainda tem o encontro único entre duas divas; Garota de Ipanema com um histórico trio de jazz, e Grande Otelo cantando.

14.07.2017

Geração de 1942/Gilberto Gil - Geleia geral

Geração de 1942/Gilberto Gil – Geleia geral

Com Domingo no parque e o tropicalismo, Gilberto Gil deu a partida em sua trajetória de metamorfose ambulante, misturando influências, ideias e sonoridades. Preso pelo regime militar e forçado ao exílio, despediu-se com Aquele abraço.

09.07.2017

Caetano Veloso

Canções de ontem e hoje: “Perdeu”

Guilherme Wisnik gostaria de tocar Vai passar, de Chico Buarque, em sua série no “Espaço em obra” (Rádio USP) sobre músicas que permanecem fortes. Mas a situação social e política do país o fez optar pela sombria Perdeu, de Caetano Veloso.

08.06.2017