George Gershwin

Cena do filme "Deliciosa"

Capítulo 8 – A vez do cinema

Delicious (“Deliciosa”), de 1930, foi a primeira experiência de Gershwin em Hollywood. De volta a Nova York, ele fracassou com o musical Pardon my English e aumentou seu repertório de peças de concerto, incluindo uma inspirada na viagem que fez a Cuba.

08.07.2017

"Porgy & Bess" (1935)

Capítulo 9 – Porgy, Bess e o adeus ao teatro

Gershwin realizou em 1935 o sonho de estrear uma ópera com referências culturais e personagens negros. Muitos críticos e compositores rejeitaram inicialmente Porgy & Bess, que não atingiu o sucesso esperado. Mas o tempo fez bem ao repertório, consagrado entre os mais importantes da música dos EUA e do qual saíram canções como Summertime.

08.07.2017

Fred Astaire e Ginger Rogers

Capítulo 10 – O último ato em Hollywood

Precisando de dinheiro, Gershwin aceitou voltar a Hollywood. Encontrou em dois filmes um intérprete perfeito para suas canções: Fred Astaire. Um tumor no cérebro o impediu de concluir o terceiro. Morreu em 11 de julho de 1937, aos 38 anos.

08.07.2017

Gene Kelly e Leslie Caron em "Sinfonia de Paris"

Capítulo 11 – 80 anos depois

No último episódio da série, João Máximo mostra que a fama de Gershwin não parou de crescer após sua morte precoce. Filmes baseados em seus musicais, como Sinfonia em Paris (foto), remontagens destes musicais e muitos discos consagraram canções já conhecidas e revelaram outras. As peças clássicas também ganharam maior reconhecimento na posteridade.

08.07.2017