João Nogueira

Ney Matogrosso

Ney Matogrosso, Elizeth, João Nogueira, Bethânia, Dick, Marco Pereira…

Zuza Homem de Mello selecionou bons momentos de ótimos intérpretes, entre eles Ney Matogrosso (foto), Elizeth Cardoso, João Nogueira, Maria Bethânia e Dick Farney. Na ala instrumental, Altamiro Carrilho toca Pixinguinha e Marco Pereira toca Dilermando Reis.

16.03.2018

Tom Jobim

Três vezes Tom Jobim, Moacir Santos, ‘Saudades da Guanabara’…

Zuza Homem de Mello selecionou três composições de Tom Jobim com interpretações muito diferentes, entre elas Só tinha de ser com você com Elis Regina. Uma criação do maestro Moacir Santos e um samba sobre o Rio de Janeiro são outros destaques.

29.12.2017

Nei Lopes

Geração de 1942/Nei Lopes – Sambas do Irajá

Nei Lopes domina vários estilos de samba, além de outros gêneros da tradição afro-brasileira. O programa apresenta um pouco da diversidade do autor de Tempo de Dondon em gravações com Chico Buarque, Zeca Pagodinho e outros.

17.12.2017

Sivuca

Zé Ramalho, Sivuca, Emílio Santiago, Janaína Fellini…

A sanfona de Sivuca está no início do programa, com Zé Ramalho em O canto da ema, e no final, com a gaita de Toots Thielemans em Pela luz dos olhos teus. A revelação Janaína Fellini e os saudosos Emílio Santiago e Durval Ferreira também são destaques.

24.11.2017

Moyseis Marques

Nei Lopes, Moyseis Marques, Renato Braz e vários duos

Os duos estão em alta no programa de Zuza Homem de Mello: Ná Ozzetti e Marcelo Pretto, Joanna e Fagner, Toninho Ferragutti e Bebê Kramer etc. O samba também aparece em vários formatos e vozes, como as de Nei Lopes, Moyseis Marques (foto) e Renato Braz.

10.11.2017

Jacob do Bandolim

Dalva, Jacob do Bandolim, Mantiqueira, Leandro Braga, Del-Penho…

Zuza Homem de Mello homenageia o centenário de Dalva de Oliveira, reúne grandes faixas instrumentais, como uma de Jacob do Bandolim (foto), e apresenta o pouco conhecido Hino do Polytheama, composto por Chico Buarque para o seu time de futebol.

02.06.2017

Noel e Vadico

Noel e Vadico

A parceria entre o compositor carioca e o pianista paulistano rendeu apenas dez canções, mas entre elas estão obras inesquecíveis: Feitio de oração, Feitiço da Vila, Conversa de botequim, Pra que mentir?.

14.05.2017

Noel filósofo

Noel filósofo

Por causa de suas letras sofisticadas, Noel Rosa foi chamado de “filósofo do samba”. As ideias e imagens engenhosas do compositor aparecem em músicas como Filosofia, Positivismo e João Ninguém.

30.04.2017