Lamartine Babo

Boca Livre

Música Ligeira, Boca Livre, Os Mutantes…

Conjuntos que marcaram suas épocas estão entre os destaques da playlist de Zuza Homem de Mello: Música Ligeira, Boca Livre (foto) e Os Mutantes. O conjunto que lançou Rita Lee aparece no programa como parte da Banda Tropicalista de Rogério Duprat.

15.12.2017

Geraldo Vandré

Geraldo Vandré, Izaías Bueno de Almeida, Edson Lopes, Gil, Paulinho…

Zuza Homem de Mello recorda uma faixa do primeiro disco de Geraldo Vandré (foto), a forte Fica mal com Deus. Uma gravação rara de Edson Lopes, cantor de voz poderosa e hoje esquecida, é outro destaque da playlist.

29.09.2017

Detalhe de "Festa de São João", de Heitor dos Prazeres

Músicas de junho – Balões e fogueiras

O primeiro capítulo da série sobre as músicas de festas juninas traz as origens dessa tradição e marchinhas pioneiras como Cai, cai, balão e Chegou a hora da fogueira.

04.06.2017

Noel e o amor

Noel e o amor

Ele foi machista em várias letras, mas chegou a escrever na voz feminina e sofreu bastante por amores terminados, como prova Último desejo, que compôs pouco antes de morrer.

28.05.2017

Lupicínio Rodrigues

Vinicius de Moraes, Os Cariocas, Taiguara, Noite Ilustrada, Lupicínio…

A bossa nova é a estrela do início da nova seleção musical de Zuza Homem de Mello. O percurso também mata a saudade de alguns intérpretes, ressalta novos e termina num samba-canção de Lupicínio Rodrigues (foto).

17.05.2017

Noel e o humor

Noel e o humor

Não faltam canções divertidas na obra do Poeta da Vila, que sabia conciliar inteligência com doses de escracho. O programa mostra exemplos como Um gago apaixonado, Tarzan e Conversa de botequim.

09.04.2017

Música de carnaval - Alas abertas

Música de carnaval – Alas abertas

Abrindo a série de quatro programas sobre músicas de carnaval, lembramos a pré-história do gênero, o início da tradição com “Ó abre alas” e as primeiras marchinhas, como a hoje polêmica “O teu cabelo não nega”.

05.02.2017

Doutores em samba

Doutores em samba

O samba é essencialmente negro, mas brancos de classe média também brilharam nas primeiras décadas do gênero. Entre eles, o estudante de medicina Noel Rosa, os bacharéis em direito Ary Barroso, Mario Reis e Mário Lago, ainda, o filho de família rica Custódio Mesquita (foto), autor de “Doutor em samba”.

20.06.2016