A voz humana

A voz humana é um programa idealizado e apresentado por Eucanaã Ferraz, poeta e consultor de literatura do IMS. O título faz referência à peça A voz humana, de Jean Cocteau (1889-1963). A proposta é destacar momentos extraordinários do canto e apresentar um repertório pouco conhecido do público. A cada semana, um novo tema ou uma nova ideia guia a seleção, com destaque para a música de concerto contemporânea e de vanguarda, mas também jazz, MPB, cantos tradicionais e experimentos inusitados com a voz. Viajando sem linearidade no espaço e no tempo, da tradição oral aos dias de hoje, o programa apresenta ao ouvinte o pop e o clássico, a pureza melódica e o ruído, o grito e o sopro num painel divertido e provocativo. Suas 49 edições foram veiculadas ao longo de 2016.

Vozes contemporâneas

Vozes contemporâneas

Eucanaã Ferraz faz uma seleção de belas vozes contemporâneas, como as da norte-americana Janet Roddick e do francês Benjamin Clementine. São criadores de linguagens, que transitam entre diferentes gêneros musicais e expressões artísticas.

23.08.2016

Vocalizações, experimentações, invenções

Vocalizações, experimentações, invenções

Experimentações vocais radicais, com improvisos e idiomas inventados, estão na seleção de Eucanaã Ferraz. É o canto em si mesmo, sem palavras, que marca o programa.

16.08.2016

Dar voz à voz: homenagem a Gilberto Mendes

Dar voz à voz: homenagem a Gilberto Mendes

Gilberto Mendes, que morreu aos 93 anos no primeiro dia de 2016, traçou caminhos importantes para a música de concerto contemporânea no Brasil. Eucanaã Ferraz selecionou quatro peças, duas delas sobre poemas de Augusto de Campos e Décio Pignatari.

09.08.2016

Uma obra: Stimmung, de Stockhausen

Uma obra: Stimmung, de Stockhausen

Eucanaã Ferraz se concentra neste programa numa das mais célebres obras do alemão Karlheinz Stockhausen: "Stimmung". Os seis intérpretes têm suas vozes amplificadas e cantam em círculo, de modo ritualístico. A versão escolhida é a do Theatre of Voices.

02.08.2016

Duo

Duo

Neste programa dedicado a interpretações a duas vozes, Eucanaã Ferraz apenas uma vez recorreu ao caminho previsível das óperas. O repertório tem madrigal, peça religiosa, canto indígena e experimentos contemporâneos.

26.07.2016

Outras vozes: Marlui Miranda

Outras vozes: Marlui Miranda

Em sua obra baseada na música indígena, Marlui Miranda toma o sistema musical do Ocidente para recriar os cantos nativos sem se distanciar dos rituais a que eles se dedicam. Eucanaã Ferraz selecionou sete peças, incluindo uma interpretada por Gilberto Gil.

19.07.2016

À voz livre

À voz livre

Liberdade é a ideia central deste programa, em que Eucanaã Ferraz reúne cantos marcados pelo improviso ou pela busca de uma experimentação que dispensa convenções. Clementina de Jesus é a voz brasileira na seleção.

12.07.2016

Vozes da voz: colagens

Vozes da voz: colagens

Nascidas nas artes plásticas, as colagens não são novas na música, mas ganharam fôlego com as técnicas digitais. Eucanaã Ferraz seleciona colagens em que as vozes são destaque, entre elas as de Caetano Veloso e Gilberto Gil em "Rap popcreto".

05.07.2016