Vinicius de Moraes detestava TV, que chamava de "telinha pequena". Mas se acostumou a participar de programas como O fino da bossa. Não gostava de festivais, mas aceitou ter músicas em parceria com Edu Lobo inscritas em dois: em 1965, vencendo com Arrastão, na interpretação de Elis Regina; em 1966, com Canto triste. Ao lado de Toquinho, fez trilhas para novelas, sendo a mais bem-sucedida a de O bem-amado, da qual estão neste programa No colo da serra e Paiol de pólvora. O episódio tem entrevistas com Chico Buarque, Edu Lobo, Baden Powell e Toquinho.

Este documentário vai ao ar numa parceria da Rádio Batuta com a Rádio Cultura Brasil (www.culturabrasil.com.br) e a VM Cultural (www.viniciusdemoraes.com.br), que representa a família de Vinicius.