A série também está no YouTube.

Os meios de divulgação se ampliam: teatro, disco, cinema, rádio. Firmam-se compositores (Lamartine Babo e Wilson Batista, por exemplo), cantores (Sílvio Caldas, Orlando Silva) e gêneros (samba de breque, marcha junina). João Máximo retrata essa diversidade no terceiro episódio de Dez anos que mudaram a música brasileira (1929-1939).

Mais músicas lançadas em discos em 78 rotações por minuto estão no site Discografia Brasileira, do Instituto Moreira Salles.

Repertório

Iaiá (Henrique Vogeler e Luiz Peixoto) – Araci Côrtes – 1929

Cantores de rádio (João de Barro, Alberto Ribeiro e Lamartine Babo) – Carmen Miranda e Aurora Miranda – 1936

Serra da Boa Esperança (Lamartine Babo) – Francisco Alves – 1937

A tua vida é um segredo (Lamartine Babo) – Mario Reis – 1933

Na estrada da vida (Wilson Batista) – Luiz Barbosa – 1933

Minha palhoça (J. Cascata) – Sílvio Caldas – 1935

Lenço no pescoço (Wilson Batista) – Sílvio Caldas – 1933

Meu romance (J. Cascata) – Orlando Silva – 1938

Da cor do pecado (Bororó) – Sílvio Caldas – 1939

Vou à Penha (Ary Barroso) – Mario Reis – 1928

Noites de junho (João de Barro e Alberto Ribeiro) – Dalva de Oliveira – 1939

Primavera no Rio (João de Barro) – Carmen Miranda – 1934

Boas festas (Assis Valente) – Carlos Galhardo – 1933

Cidade maravilhosa (André Filho) – Aurora Miranda e André Filho – 1934

 

Roteiro e apresentação: João Máximo

Edição: Filipe Di Castro