Em sendo o cantor de maior sucesso na segunda metade da década de 1930, tida como a época de ouro da música brasileira, Orlando Silva pôde gravar os melhores compositores e receber dele as melhores composições. Entre esses autores estavam J. Cascata, Ataulfo Alves Wilson Batista, Noel Rosa, Ary Barroso e a dupla Bide e Marçal.

Músicas

História de amor (J. Cascata e Leonel Azevedo) – 1938

Meu romance (J. Cascata) – 1938

Fui feliz (José Maria de Abreu e Francisco Matoso) – 1936

Perdoa, meu amor (Georges Moran e J.G de Araújo Jorge) – 1947

Por quanto tempo ainda (Joubert de Carvalho) – 1939

A primeira vez (Bide e Marçal) – 1940

Atire a primeira pedra (Ataulfo Alves e Mário Lago) – 1943

Lealdade (Wilson Batista como "J. Batista" e Jorge de Castro) – 1943

Cidade mulher (Noel Rosa) – 1936

Brasa (Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins) – 1945

Chope da Brahma (Ary Barroso) — 1935

Quero dizer-te adeus (Ary Barroso) – 1942

 

Concepção, roteiro e apresentação: João Máximo

Edição e sonorização: Filipe Di Castro