A partir da segunda metade dos anos 1960, Sinatra procurou, em muitos dos discos, renovar seu repertório, deixando de ficar preso à grande canção americana. João Máximo mostra que ele errou em algumas tentativas, mas acertou em outras, como o projeto com Tom Jobim. "Não canto tão suave assim desde que tive laringite", brincou o cantor em 1967, quando chegou às paradas de sucesso com Garota de Ipanema e outros temas da bossa nova. Despediu-se de palcos e estúdios em 1971, para voltar logo em 1973. Fez trabalhos ambiciosos, com o autobiográfico álbum triplo Trilogy, do qual saiu sua versão de New York, New York. E encerrou sua trajetória em estúdios com dois discos de duetos que venderam muito mais do que ele esperava. No segundo deles, cantou Fly me to the moon com o amigo Jobim, que morreria quatro meses depois, em 1994. Sinatra morreu em 14 de maio de 1998, sempre reconhecido como o maior cantor popular da história.

Roteiro

Strangers in the night (Bert Kaempfert, Charles Singleton e Eddie Snyder) – Frank Sinatra com Ernie Freeman

That's life (Kelly Gordon e Dean Kay Thompson) – Frank Sinatra com Ernie Freeman

Indian summer (Victor Herbert e Al Dubin) – Frank Sinatra com Duke Ellington, arranjo de Billy May

My way (Claude François, Jacques Revaux, Gilles Thibault e Paul Anka) – Frank Sinatra com Gordon Jenkins

The girl from Ipanema (Antonio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes e Norman Gimbel) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim com Claus Ogerman

Jobim sobre o telefonema de Sinatra

Jobim sobre ‘por que não’ Nelson Riddle

Quiet night of quiet stars (Antonio Carlos Jobim e Gene Lees) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim com Claus Ogerman

Once I loved (Antonio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes e Ray Gilbert) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim com Claus Ogerman

Somewhere to light up my life (Antonio Carlos Jobim, Vinicius de Moraes e Gene Lees) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim com Eumir Deodato

Wave (Antonio Carlos Jobim) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim com Eumir Deodato

Angel eyes (Matt Dennis e Tom Adair) – Frank Sinatra com Count Basie no Sands

Let me try again (Caravelli, Michel Jourdan, Paul Anka e Sammy Cahn) – Frank Sinatra com Don Costa

Send in the clowns (Stephen Sondheim) – Frank Sinatra com Gordon Jenkins

What time does the next miracle leave (Gordon Jenkins) – Frank Sinatra e coro com Gordon Jenkins

I had the craziest dream (Harry Warren e Mack Gordon) – Frank Sinatra e coro com Billy May

Theme from "New York, New York" (John Kander e Fred Ebb) – Frank Sinatra com Don Costa

Something (George Harrison) – Frank Sinatra com Nelson Riddle

L.A. is my lady (Quincy Jones, Peggy Lipton Jones, Marilyn Bergman e Alan Bergman) – Frank Sinatra com Billy May

Fly me to the moon (Bart Howard) – Frank Sinatra e Antonio Carlos Jobim, do disco Duets II

 

Concepção, roteiro e apresentação: João Máximo

Edição e sonorização: Filipe Di Castro