Para marcar seus dez anos de vida, em agosto de 2020, a Rádio Batuta convidou o cantor e compositor Romulo Fróes para refletir sobre os caminhos da produção musical do século 20 e os atuais, nos quais é ativo como artista e pensador. O resultado são quatro vídeos que estão no canal da Batuta no YouTube.

Sua proposta, segundo definiu, é demonstrar como o estreitamento da relação entre artista e produção, causado pela democratização dos meios de gravação, transformou a canção brasileira.

Vídeo 1 – A evolução dos meios de gravação e difusão musicais: O início da indústria fonográfica, a invenção do rádio e a chamada Época de Ouro da música brasileira; a chegada da televisão ao Brasil e a consolidação da indústria cultural; a internet e a reformulação da indústria musical.

Vídeo 2 – O artista-operário: A crise da indústria fonográfica e a formação de um novo mercado independente; o estúdio de gravação como ferramenta de criação.

Vídeo 3 – Música em rede: A consolidação de um mercado independente de fomento e difusão; os núcleos criativos e a produção colaborativa em rede.

Vídeo 4 – Representatividade e as novas configurações: A nova geração em diálogo com os cânones da MPB; a ascensão do streaming e a retomada do crescimento da indústria fonográfica; o YouTube como plataforma de música e as tecnologias criativas na música periférica; o discurso musical transformado pelas redes sociais.

Edição dos vídeos: Laura Liuzzi

 

A live de Romulo sobre a série, realizada com a mediação de Juliano Gentile, curador de música do IMS Paulista.