A primeira gravação de Aquarela do Brasil, samba de Ary Barroso considerado por muitos uma espécie de segundo Hino Nacional, está completando 80 anos. Ela aconteceu no dia 18 de agosto de 1939, na voz de Francisco Alves e com arranjo de Radamés Gnatalli.

Neste programa, realizado por Joaquim Ferreira dos Santos, são apresentados os bastidores da composição, o contexto em que ela apareceu no Estado Novo, algumas de suas principais gravações e depoimentos de estudiosos (Fred Góes e Rafael Julião) sobre a permanência de Aquarela em lugar de tamanho destaque na música brasileira.

Ao final, no estúdio da Rádio Batuta, João Bosco dá um depoimento sobre a influência de Ary Barroso em seu trabalho e interpreta Aquarela do Brasil.

Repertório

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – Orquestra Tabajara

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – Francisco Alves

Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso) – Carmen Miranda

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – Elis Regina

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – João Gilberto, Caetano Veloso e Gilberto Gil

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – Frank Sinatra

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – Made in Brasil

Aquarela do Brasil (Ary Barroso) – João Bosco

 

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro

 

João Bosco interpreta “Aquarela do Brasil”:

João Bosco canta e comenta “Aquarela do Brasil”:

 

João Bosco fala da importância de “Aquarela do Brasil”: