Elza Soares estreou em disco há 60 anos com um balanço radical e uma voz lá em cima, no mesmo ano de 1959 em que João Gilberto fazia a sua estreia em movimento contrário, cantando suave e de balanço contido. A carreira dessa grande cantora, como ela se insere na história da música brasileira e a impressionante trajetória de dramas em sua vida pessoal são os assuntos deste programa. Joaquim Ferreira dos Santos, da Rádio Batuta, conversa com Zeca Camargo, que está lançando uma biografia de Elza.

Zeca, hoje uma estrela da televisão, iniciou sua carreira de jornalista como repórter de assuntos musicais e foi com naturalidade, por ser grande fã de Elza, que recebeu o convite para biografá-la. Nesta entrevista, ele mostra como uma cantora que começou como sambista típica, na célebre gravação de Se acaso você chegasse, tornou-se hoje uma das vozes mais poderosas da afirmação feminina. A trilha sonora do programa narra essa história. Do sambalanço de Telecoteco nº 2, uma divertida brincadeira com as possibilidades de improvisar e sacudir a pista de dança com a voz, Elza chega hoje a músicas como A carne, um grito de protesto contra a população da mulher negra. 
Joaquim também entrevista Pedro Luis, autor do verso que deu título ao CD de 2018 da cantora, “Deus é mulher”, e diretor musical do premiado espetáculo Elza.

Repertório

Se acaso você chegasse (Lupicínio Rodrigues e Felisberto Martins) – Elza Soares

A banca do distinto (Billy Blanco) – Elza Soares

Telecoteco nº2 (Nelsinho e Oldemar Magalhães) – Elza Soares e Wilson das Neves

Com que roupa? (Noel Rosa)/ Se você jurar (Ismael Silva e Nilton Bastos) – Elza Soares e Miltinho

Vou deixar cair (Agildo Mendes) – Elza Soares

Língua (Caetano Veloso) – Caetano Veloso e Elza Soares

Dura na queda (Chico Buarque) – Elza Soares

Deus há de ser (Pedro Luis) – Elza Soares

Maria da Vila Matilde (Douglas Germano) – Elza Soares

A carne (Seu Jorge, Marcelo Yuka e Ulisses Cappelletti) – Elza Soares

 

Roteiro e apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro