Cristovão Bastos e Rogério Caetano já tinham tocado em duo, mas só agora concretizaram os planos de um álbum em conjunto, intitulado com os nomes de ambos e gravado antes da pandemia. Pianista e violonista que estão entre os principais instrumentistas brasileiros, eles explicam a Lucas Nobile como funciona a parceria e comentam aspectos específicos de seus trabalhos: Rogério no uso do violão de aço; Cristovão nas suas escolhas para fazer arranjos. O repertório é de composições próprias, algumas com parceiros como Paulinho da Viola.

Rogério já participou do Estúdio Batuta.

Repertório

Obrigado, Rapha (Rogério Caetano) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Um chorinho em Cochabamba (Eduardo Neves e Rogério Caetano) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Milena (Rogério Caetano) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Acreditei nos beijos dela (Cristovão Bastos e Paulinho da Viola) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Polca do Jequitibá (Cristovão Bastos e Maurício Carrilho) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Choro saudoso (Cristovão Bastos) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

Choro pro Waldir (Cristovão Bastos e Paulinho da Viola) – Cristovão Bastos e Rogério Caetano

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro