Hoje não tão conhecida, Amélia Brandão Nery (1897-1983) aparecia com frequência em programa de televisão e é considerada por músicos um nome fundamental na história do piano popular brasileiro. Hercules  Gomes, grande pianista contemporâneo, está lançando o CD Tia Amélia para sempre, em que interpreta 14 temas da compositora. Na entrevista a Lucas Nobile, ele explica o estilo marcante de Tia Amélia e fala também de Chiquinha Gonzaga e Ernesto Nazareth, a quem dedica versões muito particulares.

No repertório, há momentos de piano solo e outros em que ele é acompanhado por músicos como Gian Correa (violão de 7 cordas), Henrique Araújo (cavaquinho), Rafael Toledo (pandeiro) e Alfredo Castro (percussão).

A série Piano Brasileiro, de Alexandre Dias, dedicou um episódio a Tia Amélia.

Repertório

Meu poeta (Tia Amélia) – Hercules Gomes

Cuíca no choro (Tia Amélia) – Hercules Gomes

Dois namorados (Tia Amélia) – Hercules Gomes

Bordões ao luar (Tia Amélia) – Tia Amélia e Banda Vila Rica

Gaúcho (Corta-jaca) (Chiquinha Gonzaga) – Hércules Gomes

Chuvisco (Tia Amélia) – Hercules Gomes

Odeon (Ernesto Nazareth) – Hercules Gomes

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro