Episódio 2: Hermínio, samba e choro

 

Hermínio Bello de Carvalho, que completa 85 anos neste 28 de março de 2020, são muitos: compositor, poeta, produtor de trabalhos históricos, agitador cultural dos mais produtivos etc. No primeiro dos dois episódios deste especial, Lucas Nobile monta um panorama da multiplicidade de Hermínio. Seleciona músicas com a assinatura dele, algumas pouco conhecidas. E conta histórias como a da antipatia entre Baden Powell e Hermínio, desfeita apenas após 11 anos, quando virou parceria.

Repertório

Orgulho, hipocrisia (Paulo da Portela e Hermínio Bello de Carvalho) – Clementina de Jesus

Rosa de Ouro (Paulinho da Viola, Elton Medeiros e Hermínio Bello de Carvalho) – Aracy Cortes e Cinco Crioulos

Camarim (Cartola e Hermínio Bello de Carvalho) – Elizeth Cardoso e Raphael Rabello

Tempo feliz (Baden Powell e Vinicius de Moraes) – Elizeth Cardoso, Jacob do Bandolim, Época de Ouro e Zimbo Trio

Conversa mole (Jacobiana) (Radamés Gnattali) – Radamés Gnattali, Joel Nascimento e Camerata Carioca

João Amor (Maurício Tapajós e Hermínio Bello de Carvalho) – MPB-4

Mudando de conversa (Maurício Tapajós e Hermínio Bello de Carvalho) – Dóris Monteiro e Lúcio Alves

Chão de esmeraldas (Chico Buarque e Hermínio Bello de Carvalho) – Chico Buarque

Alecrim (Cristovão Bastos e Hermínio Bello de Carvalho) – Zezé Gonzaga e Maria Bethânia

Samba da partida (Baden Powell e Hermínio Bello de Carvalho) – Elizeth Cardoso

Ventania (Joyce Moreno e Hermínio Bello de Carvalho) – Mônica Salmaso e Maogani

Amigo é casa (Capiba e Hermínio Bello de Carvalho) – Lenine e Zé Renato

 

Roteiro e apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro