No final de 1964, a Rádio Jornal do Brasil, do Rio de Janeiro, produziu o programa Música e informação 64, com uma retrospectiva dos fatos daquele ano, sobretudo os relativos ao golpe militar. A equipe da empresa Ficheiro, liderada por Patrícia Pamplona, localizou para o IMS essa gravação rara. A Batuta apresenta o documento sonoro, cujo tom é absolutamente parcial. Em primeiro lugar, segundo o programa, na noite de 31 de março houve uma “revolução”, não um “golpe”. E a população teria saído às ruas para “dar graças a Deus pela derrota do comunismo”. Um áudio histórico consta da edição: o presidente do Senado, Auro Moura Andrade, declara vaga a Presidência da República, embora João Goulart ainda estivesse no país.