No último dia de atividades da Casa do IMS na Flip 2014, José Luiz Passos foi convidado para conversar com o público que lotou a casa sobre Otelo, de William Shakespeare, peça de teatro que o autor considera fundamental não apenas na sua formação de leitor, mas uma influência constante em sua ficção, de O grão mais fino a O sonâmbulo amador. O mediador foi Antônio Xerxenesky.