O ano de 1932 foi marcado pelo primeiro desfile competição das escolas de samba do Rio de Janeiro e pela oficialização, pela prefeitura do Rio, dos concursos para a escolha das melhores músicas carnavalescas

Bloco 1
Coisas nossas (Noel Rosa) – Noel Rosa
Uma jura que fiz (Ismael Silva, Noel Rosa e Francisco Alves) – Mário Reis

Bloco 2
Maringá (Joubert de Carvalho) – Gastão Formenti
Loura ou morena (Haroldo Tapajós e Vinícius de Moraes) – Irmãos Tapajós

Bloco 3
Para me livrar do mal (Ismael Silva e Noel Rosa) – Francisco Alves
Tem francesa no morro (Assis Valente) – Araci Cortes

Bloco 4
Pierrô (Joubert de Carvalho e Paschoal Carlos Magno) – Jorge Fernandes
Noite cheia de estrelas (Cândido das Neves) – Vicente Celestino

Bloco 5
Bandonô (João de Freitas) – Jonjoca
A.E.I.O.U. (Lamartine Babo e Noel Rosa) – Lamartine Babo
O teu cabelo não nega (Lamartne Babo e Irmãos Valença) – Castro Barbosa

 

 

Baseado no livro “A canção no tempo”, de Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello
Adaptação, pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe de Castro
Supervisão: Francisco Bosco

Conteúdo relacionado