Em 1941, o mundo vivia a Segunda Guerra Mundial e viu os alemães invadirem a Iuguslávia; e em seguida, a União Soviética. em dezembro dquele ano, os japoneses atacaram a base norte-americana de Pearl  Harbor, no Havaí, fazendo com que os Estados Unidos declarassem guerra ao Japão. Alemanha e Itália tomaram partido dos japoneses e também declararam guerra aos Estados Unidos. Enquanto isso, no Brasil, Dorival Caymmi fazia sucesso, e Luiz Gonzaga e Nelson Gonçalves lançavam seus discos de estreia.

Bloco 1
Alá-lá-ô (Haroldo Lobo e Nássara) – Carlos Galhardo
Passo do canguru (Haroldo Lobo e Milton de Oliveira) – Araci de Almeida
Aurora (Mário Lago e Roberto Roberti) – Joel e Gaúcho

Bloco 2
É doce morrer no mar (Dorival Caymmi e Jorge Amado) – Dorival Caymmi
A jangada voltou só (Dorival Caymmi) – Dorival Caymmi
Requebre que eu dou um doce (Dorival Caymmi) – Anjos do Inferno
Você já foi à Bahia (Dorival Caymmi) – Anjos do Inferno

Bloco 3
Eu sonhei que tu estavas tão linda (Lamartine Babo e Francisco Matoso) – Francisco Alves
Três lágrimas (Ary Barroso) – Sílvio Caldas
Sinhá Maria (René Bittencourt) – Orlando Silva
Nós queremos uma valsa (Erastótenes Frazão e Nássara) – Carlos Galhardo

Bloco 4
O bonde de São Januário (Wilson Batista e Ataulfo Alves) – Cyro Monteiro
Leva meu samba (Ataulfo Alves) – Ataulfo Alves e Pastoras
Helena, Helena (Antônio de Almeida e Constantino Silva) – Anjos do Inferno

Bloco 5
O trem atrasou (Paquito, Estanislau Silva e Artur Vilarinho) – Roberto Paiva
Os quindins de Iaiá (Ary Barroso) – Cyro Monteiro
Morena boca de ouro (Ary Barroso) – Sílvio Caldas

Bloco 6
Brasil Pandeiro (Assis Valente) – Anjos do Inferno
Juraci (Antônio Almeida e Ciro de Souza) – Vassourinha com acompanhamento do Regional de Benedito Lacerda
Seu Libório (Alberto Ribeiro e João de Barro) – Vassourinha
Preconceito (Marino Pinto e Wilson Batista) – Orlando Silva

Bloco 7
Canta Brasil (Alcir Pires Vermelho e David Nasser) – Francisco Alves
Onde o azul é mais azul (Alberto Ribeiro, Alcir Pires Vermelho e João de Barro) – Francisco Alves

 
Baseado no livro “A canção no tempo”, de Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello
Adaptação, pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco

Conteúdo relacionado